Silvestre Ferreira, Borges de Garuva e Lucas David participam de encontro online com a VAI! Coletivo

Clique abaixo para ouvir a postagem

No dia 08 de junho às 20h os atores e produtores culturais Raphael Vianna e Marlon Zé, integrantes da VAI! Coletivo, recebem os artistas Silvestre Ferreira, Borges de Garuva e Lucas David, para uma conversa que terá como tema “Reflexões, Colaborações e Intercâmbios Cênicos”. O encontro será online e acontece por meio do projeto VAMOS!, com transmissão pelo YouTube.

Sobre a VAI! Coletivo

Fundada no ano em 2009 na cidade de Joinville, Santa Catarina, a VAI! Coletivo é composta pelos atores e pesquisadores: Jackson Silva, Samira Sinara, Raphael Vianna e Marlon Zé.  O coletivo se estabelece como um grupo de artistas engajados na experimentação e produção de obras cênicas. Sua poética é marcada pelo cruzamento de linguagens e o interesse em pensar/praticar as artes como um território expandido e hibridizado. Ao longo dos mais de dez anos de existência,
a VAI! Coletivo vem alcançando reconhecimento de público e crítica, tendo participado de projetos e festivais de teatro e sido contemplada diversas vezes em editais de arte e cultura.

Sobre os convidados

Silvestre Ferreira é ator, professor, arte educador e diretor de teatro há mais de 30 anos, fundou a Dionisos Teatro em 1997. Especialista em Prática Social da Arte pela USP/Univille, graduado em História pela Univille. Professor de Artes no Colégio da Univille e Diretor do Programa Institucional de Artes Cênicas da Univille. Foi Presidente da Fundação Cultural de Joinville, Presidente da Comissão de Patrimônio e do Conselho Municipal de Cultura (2009-2012). Atuou frente às políticas culturais em esferas municipais, estaduais e federais (2010, 2011, 2012, 2013). Foi presidente da Associação Joinvilense de Teatro – AJOTE (2007-2008). Foi curador e debatedor de inúmeros festivais de teatro no estado de Santa Catarina e do Paraná. É co-autor do livro “Da Cena ao Texto – Babaiaga, Entardecer e Migrantes – Dramaturgia da Dionisos Teatro”.

Borges de Garuva atuou durante quatro décadas nas áreas da educação, das artes (teatro, música e literatura) e da gestão cultural. De formação marcadamente autodidata, teve passagens pela Escola de Música Villa-Lobos, o antigo Curso Permanente de Teatro do Guaíra e a Faculdade de Artes do Paraná. Cursou Tecnologia em Produção Multimídia na Unisul. Atuou no Grupo Gestus, em Curitiba, e nos grupos joinvilenses Matinada de Teatro, Não Amassa esse Pão-de-Ló, Mutação e Teatro Expressão Universitária. Entre os espetáculos que dirigiu destacam-se “Norigama”, “Tupac Amaru” (1991) e “Sahy dos Sonhos” (1992).

Lucas David veio de SP capital há aproximadamente 30 anos. Já criança teve contato com o teatro amador engajado ao sindicato dos sapateiros de Franca, cidade onde nasceu. E desde então nunca mais deixou as artes cênicas mudando para capital no final da adolescência. Feito vários cursos com artistas que despertavam interesse pelas suas formas de recriar a arte. Em SC uma grande aventura que dura até hoje. Sempre realizando produções e direções com hibridismo intuitivo. Criativo autodidata. Apaixonado por artistas, atores, atrizes, bailarinos, músicos e artistas circenses. Tendo dirigido e criado visagismo para grupos teatrais de dança, circos e cinema. Lucas David expressa com arte esse amor eterno, um hábito de vida.

Quando? 08 de junho. Horário? 20h às 21h.
Quanto? Gratuito.
Onde? No canal do YouTube da VAI! Coletivo.

Apoiadores: FECATE – Federação Catarinense de Teatro | AJOTE – Associação Joinvilense de Teatro
Parceria: ARTE NA CUCA – Informação, Educação, Cultura e Arte.

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *