Prelúdio Academia de Arte abre inscrições gratuitas para série de oficinas com músicos convidados

Amantes do fazer musical terão oportunidade única de aprimorar conhecimento a partir de 24 de março. A Prelúdio Academia de Arte abriu inscrições para uma série de 5 oficinas culturais ligadas à performance e educação musical, reunindo grandes profissionais com atuação no circuito internacional. Em formato híbrido (presencial e online), cada módulo é independente e vai abordar diferentes aspectos da vivência musical, buscando, assim, contribuir para a profissionalização e valorização do setor. Músicos, musicistas amadores e simpatizantes em geral podem se inscrever de forma gratuita
pelo e-mail [email protected].

Segundo Rafael Huch, diretor da Prelúdio Academia de Arte, o fato de Joinville, a maior cidade de SC, não possuir oferta de cursos de graduação em música, dificulta o acesso da população a estudos mais aprofundados na área, refletindo na migração de estudantes para outras cidades e regiões do país. “Este projeto se propõe a suprir parte desta lacuna, oportunizando o acesso gratuito a oficinas de profissionalização musical para diferentes públicos – uma atividade que vá além dos currículos, uma capacitação que possa, inclusive, impulsioná-los para esta área de formação”, enfatiza o proponente.

“Oficinas de Profissionalização Musical” é um projeto selecionado pelo Edital Aldir Blanc 2021 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura. Todas as oficinas contarão com intérprete de Libras.

As oficinas ocorrerão nas quintas-feiras, conforme cronograma abaixo:

24/3 MÓDULO 1 (online) – 20h as 21h

Tema: “Os desafios da Regência Orquestral” c/ Alessandro Sangiorgi.

31/3 MÓDULO 2 (online) – 20h as 21h

Tema:  “Aprofundamento em Técnica Vocal e Fisiologia da Voz” c/ Denise Sartori.

7/4 MÓDULO 3 (online) – 20h as 21h

Tema: “Introdução à Filosofia Suzuki” c/ Renata Pereira.

14/4 MÓDULO 4 (presencial e online) – 19h as 20h30

Tema: “Experiências com Coro Infantojuvenil” c/ Édi Marques Góes.

21/4 MÓDULO 5 (presencial e online) – 19h as 20h30

Tema: “Musicalização Infantil na Prática” c/ Amanda Cantador.

Quando? 24/3, 31/3, 7/4, 14/4 e 21/4.
Onde? Prelúdio Academia de Arte (presencial e online).
Quanto? Gratuito.

Sobre os ministrantes:

Alessandro Sangiorgi (SP) é maestro, com formação em piano pelo Conservatório de Milão (Itália) e especialização em composição e regência. Com mais de 30 anos de experiência na área musical, iniciou a carreira internacional em Israel, desenvolvendo grandes trabalhos em países da Ásia e Europa, atuando com produções e regência de óperas, balés e concertos sinfônicos. Em 2009, conquistou o título de “Cavaliere dell’Ordine della Solidarietà”, recebido pelo Presidente da República Italiana por seus méritos artísticos e trabalhos realizados no exterior. No Brasil regeu diversas orquestras, entre elas a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), a Orquestra Sinfônica da USP (OSUSP), Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), a Orquestra Experimental de Repertório (OER), a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (OSMC), a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), a Orquestra Petrobras Sinfônica (OPES), a Orquestra Filarmônica de Goiás (OFG), a Orquestra Sinfônica do Teatro da Paz (OSTP).

Denise Sartori (PR) é cantora lírica, com mestrado pelo Royal Northern College of Music (Inglaterra). Em mais de 30 anos de carreira, atuou como educadora musical, preparadora vocal e diretora de diversas óperas – assim como solista das principais orquestras brasileiras. Já subiu aos palcosdo Royal Theatre em Londres e apresentou-se em Quito, Equador, entre outros trabalhos de destaque. Conquistou prêmios em competições na área da ópera, como o 1º lugar no concurso Alice and Bert Shawcross, em Manchester (Inglaterra), entre mais de mil musicistas. Vencedora de vários concursos, entre eles: jovem solista, da Orquestra Sinfônica de São Paulo, Torneio Internacional de Cantores, para representar o Brasil em Beijin, China, Concurso Nacional Pavarotti, sendo a única brasileira a participar do Gala Concert, no Philadelphia Opera Theatre, promovido por este mesmo tenor. Pesquisadora nas áreas de anatomia e fisiologia vocal, Denise organizou o primeiro curso de pós-graduação em canto no Paraná e, atualmente, é professora do Departamento de Música da Universidade Estadual de Maringá. Denise também performou, como atriz, a personagem Ofélia, na novela Laços de Família de Manoel Carlos, pela Rede Globo de Televisão.

Renata Pereira (SP) é flautista, doutora em música pela Universidade de São Paulo (USP), graduada em flauta doce pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (2004), professora capacitadora de flauta-doce da Suzuki Association of the Americas e da European Suzuki Association. Com cerca de 25 anos de vivência na área musical, tem lecionado flauta doce nos principais festivais e master classes do Brasil e em diferentes países da América Latina, nos Estados Unidos, Portugal, Inglaterra e Austrália. Renata reúne experiências no Conservatório de Música Popular de Curitiba, Scuola Italiana Eugenio Montale, atuando ainda hoje na Suzuki Association of the Americas, na Europe Suzuki Association e no Centro Suzuki de educação musical, em São Paulo, um coletivo de estúdios especializado no ensino de instrumentos musicais para crianças, jovens e adultos, fundado por ela em 2011. Seus alunos são constantemente premiados em concursos no Brasil e fora do país e, frequentemente, convidados para tocar em série de concertos e como solistas. Fundou o Quinta Essentia quarteto de flautas, com o qual já ganhou vários prêmios e realizou concertos em diversos países da Europa, América do Sul e Norte, China, Austrália, África.

Édi Marques Góes (PR) é maestro, doutorando em cognição e educação musical pela Universidade Federal do Paraná, com mais de 15 anos de atuação no universo musical. Entre as experiências profissionais, trabalhou como regente do coro Cidade de Ponta Grossa, diretor de movimento corporal do espetáculo de Natal “Palácio Avenida” e assistente de direção pedagógica do projeto “Educação Musical Bradesco”. Desenvolveu, de 2008 a 2021, trabalhos relacionados ao espetáculo de Natal “Palácio Avenida”, entre outras atividades.

Amanda Cantador (PR) é violinista, pós-graduada em educação musical pela Universidade Estadual do Paraná (2019). Participante ativa das Oficinas de Música de Curitiba, desde 2006, integrou a Orquestra Experimental da Fundação Cultural de Joinville, a Sociedade Cultural Artística de Joinville, a Orquestra de Cordas da Escola de Música Villa Lobos, a Orquestra Sociesc da Sociedade Educacional de Santa Catarina, a Orquestra da Sociedade Cultural Artística de Jaraguá do Sul – SCAR, a Orquestra Filarmônica da UFPR, a Ópera Orchestra Curytiba (2016) e a Orquestra Ladies Ensemble (2012-2019). Atualmente, Amanda estuda violino com Bettina Jucksch, é diretora e coordenadora pedagógica da Escola de Música Ritmo e Som, em Curitiba, onde ministra aulas, desenvolve projetos musicais e pedagógicos.

Recommended Posts

1 Comment


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *