Live? Conheça o projeto da jornalista Mariana Woj

Clique abaixo para ouvir a postagem

Uma das principais transformações observadas durante a quarentena foi o crescimento das lives, transmitidas ao vivo por plataformas como Instagram, Youtube ou Facebook.

Com conteúdos variados, as lives se tornaram muito populares entre os usuarios das redes, desde dicas de como passar o tempo com os filhos, cursos de finanças e aulas de gastronomia. Para alguns foi muito simples ligar a câmera e começar, para outros, só de pensar em fazer isso já causa calafrios. Pensando nas pessoas que desejam produzir lives, a jornalista Mariana Woj criou a “Live para quem nunca fez live”.

“Conversando com uma amiga, percebi que ela tinha muito conhecimento sobre determinado assunto, porém sentia insegurança em fazer lives para compartilhar. Depois disso, passei a observar e percebi que muitas pessoas ao meu redor estavam passando pela mesma situacao. Vendo essa dificuldade, pensei em como poderia ajudar essas pessoas a ter essa experiência pela primeira vez”, explica Mariana.

Desde o mês de julho, as lives acontecem todas as quintas-feiras, às 19h, no instagram da Mariana (@marianawoj) De maneira leve, os participantes que se sentem à vontade entram ao vivo para contar sua história. “Está sendo muito divertido realizar esse projeto, pois além de conhecer as pessoas, consigo perceber que muitas delas estão se reinventando neste período. Com isso, trocamos experiências e ocupamos a nossa mente com coisas boas”, destaca a jornalista.  Artistas e empreendedores também podem entrar na live e divulgar seus projetos e trabalhos.

Sobre a Jornalista

Mariana Woj é jornalista, assessora de imprensa e editora da Revista Babies. Escreve para os principais portais de notícias da região, e influencer digital. Tem como missão incentivar as artes na cidade.

Agende-se

O que: Live para quem nunca fez live

Quando: Toda quinta- feira, às 19h

Onde: No Instagram da @MarianaWoj

Recommended Posts

1 Comment

  1. Projeto lindo!
    Afinal, temos a necessidade da comunicação e de aprender e transformar o que era presencial em virtual, também.
    Parabéns!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *