Lançamento da peça de teatro em formato digital “Aquelas Que Moram Nela” ocorre no dia 27 de abril

Memórias, afeto e ancestralidade. No dia 27 de abril, ocorre o lançamento online da peça de teatro em formato digital Aquelas Que Moram Nela; obra voltada a jovens e crianças (de 6 e 10 anos), sobre ancestralidades, em um monólogo apresentado pela atriz Natele Peter. O evento é gratuito e aberto à toda comunidade e ocorre, às 20h, pelo canal https://bit.ly/YouTubeNatelePeter

“Aquelas Que Moram Nela é o resultado de questões que permeiam os diálogos das artistas Natele Peter e Natália Curioletti ao longo dos últimos anos em seus trabalhos como atrizes em espetáculos para crianças e como arte-educadoras em diferentes contextos sociais”, diz a produtora cultural, Soila Freese. “Elas observaram também que as crianças têm cada vez menos acesso e conhecimento sobre as tradições de cultura oral, sobre as mitologias dos povos, brinquedos e brincadeiras populares, costumes e tradições das etnias negras presentes no Brasil”, complementa Soila.

Segundo a diretora da peça e responsável pela dramaturgia, Natália Curioletti, o texto foi desenvolvido para dar vazão à criação da atriz Natele Peter, que em cena busca dialogar sobre a ancestralidade. “O corpo negro da atriz atravessa diretamente o processo criativo, tornando-se material de investigação e de produção poética. Através da presença e materialidade deste corpo, a atriz brinca ora de ser menina ora de se transformar em corpo de avó, e esse jogo se propõe a compartilhar com as crianças essa história carregada de mitologia e afeto”, acrescenta.

Na peça a menina tem um vínculo forte com sua avó e ao encarar uma mudança na sua vida, e na vida de sua mãe, ela vai encontrar nos laços de amor e sabedoria de suas ancestrais, e o amparo que precisa para seguir em frente. Para Natele Peter, a montagem fala sobre heranças culturais, tradições e laços de amor que se constroem entre gerações, sobre a importância de reconhecer a ancestralidade carregada na diáspora africana no presente. “Com isso, construirmos um futuro onde possamos viver com maior compreensão e respeito às diversidades culturais que formam nosso povo”, conclui Natele.

Depois de lançado, o material audiovisual da peça será distribuído para as redes de ensino público, privado, municipal e estadual. “Ainda teremos seis apresentações presenciais em três cidades vizinhas de Blumenau (Gaspar, Indaial e Timbó)”, diz Soila Freese.

O projeto Aquelas que Moram Nela, de Natele Petersen, é viabilizado e premiado pelo Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura. 

Sobre as artistas

Natele Peter
Produtora cultural, atriz, arte-educadora e palhaça, brasileira. Atuante em Blumenau, Santa Catarina, nas áreas culturais desde 2010. Investiga e pesquisa as tradições orais e a comicidade negra em Santa Catarina. É membra do Coletivo Artístico Trupe Perambula.

Natália Curioletti
É atriz, diretora de teatro e arte-educadora, brasileira. Vive em Blumenau, Santa Catarina e trabalha com teatro desde 2003. Formada pela Universidade Regional de Blumenau (FURB) no curso de Bacharelado em Artes Cênicas em 2006 e Licenciatura em Teatro em 2007. Especialista em Encenação Teatral pelo Instituto Gene em 2009. Especialista em Arte e Educação pela Uniasselvi em 2021. Desenvolve  projetos artísticos e educacionais em Teatro.

Quando? 27 de abril. Horário? 20h.
Quanto? Gratuito. Classificação indicativa: Livre.
Onde? Pelo canal do YouTube clicando AQUI.

Ficha Técnica do Video-Arte
Atuação e Concepção: Natele Peter | Direção Geral e Dramaturgia: Natália Curioletti | Cenário: Felipe Coff
Figurino: Natália Curioletti e Natele Peter| Sonoplastia: Jowe Schurt | Identidade Visual: Lucas Mendes
Câmeras: Bona Boaventura e Tiago de Jesus | Edição e Finalização de Vídeo: Crop Filmes | Locução Off: Nubia Manique Lopes
Libras: Gih Santos | Produção Executiva: Soila Freese – Mono Produções | Produção Geral: Natália Curioletti, Natele Peter e Soila Freese.

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *