Coletivo Eranos lança série de animações para crianças

Clique abaixo para ouvir a postagem

O coletivo de artistas Eranos Círculo de Arte (Itajaí/SC) lança seu mais novo trabalho, uma série de animações criadas a partir das poesias do livro Pô!Ema. A série, que leva o nome de Cine.EMA, tem como proposta aproximar a criança da construção poética do desenho animado voltado para infância, em uma obra de natureza híbrida entre a literatura e o audiovisual.

Criadas a partir das poesias do livro Pô!Ema – poesia de criança, lançado em 2020 pela poetisa Sandra Coelho, as poesias trazem a figura de uma Ema que se alimenta de poemas, elemento de mediação simbólica entre a criança e as poesias. O livro que deu origem a animação, é uma mostra de poesias destinadas à infância, que nasceram em apresentações da performance homônima Pô!Ema – criação poética com crianças, uma experiência interativa idealizada pelo Eranos Círculo de Arte que mistura teatro, poesia e audiovisual.

Em seus trabalhos artísticos o Eranos Círculo de Arte, busca explorar a poesia através de diversas linguagens que vão desde a literatura, teatro, artes visuais e atualmente no audiovisual. “No Eranos, partimos sempre do contato com as crianças para todas as criações voltadas a primeira infância. Através de parcerias com escolas públicas da cidade de Itajaí, mantemos constantemente pesquisas e diálogos que direcionam nosso trabalho. Desde a performance Pô!Ema que deu origem ao livro de poesias, passando pelos espetáculos #Mergulho e O Barquinho Amarelo nos colocamos em relação a criança, ficando atentos as  suas falas, seus gestos, seus traços, seus olhares e nos colocamos como aprendizes desse universo, nos tornando uma espécie de ponte e espelho para estas experiências riquíssimas”, comenta a artista e uma das idealizadoras deste projeto, Sandra Coelho.

Todos os artistas envolvidos no projeto Cine.EMA foram parte fundamental para realização da obra, Sandra Coelho assina a concepção e direção, Leandro Maman responsável pelas ilustrações e animações também integrante do Eranos Círculo de Arte, assim como a trilha sonora original desenvolvida especialmente para o projeto pelos artistas do Grupo Teatral Cirandela, Priscila Schaucoski e Bruno Andrade.

O projeto foi contemplado pela Lei Emergencial Aldir Blanc por meio da Fundação Cultural de Itajaí e Prefeitura Municipal de Itajaí, e já pode ser acessado no site do Eranos Círculo de Arte.

Vídeo nº 01 da série Cine.EMA (2021).

Sobre o coletivo Eranos Círculo de Arte

É um coletivo de artistas com formação interdisciplinar que produz e pesquisa arte e suas interfaces entre teatro, teatro de animação, artes visuais, literatura e audiovisual. Desde 2014 pesquisam a linguagem do teatro para a primeira infância e a relação entre cena e aparatos digitais.

A palavra Eranos é de origem grega e significa Banquete. Um banquete onde não existe um anfitrião a prover os alimentos, mas onde todos contribuem com algo. A essência de Eranos, é de um encontro de pensamento imaginativo-criativo,  onde é possível com que cada pessoa ofereça algo de si-mesmo: uma palavra, um pensamento, uma canção, uma taça de vinho, ou apenas a mente aberta. Também é a designação de um grupo de pensadores que ocorre em Ascona – Suiça, desde 1933.

Sobre o livro Pô! Ema

O livro Pô! Ema – poesia de criança que deu origem às animações, é uma mostra de poesias destinadas à infância que nasceram em apresentações da performance homônima Pô!Ema – criação poética com crianças, uma experiência interativa idealizada pelo Eranos Círculo de Arte que mistura teatro, poesia e audiovisual, onde a poetisa Sandra Coelho encontra um grupo de crianças num ambiente intimista e juntas criam poemas para alimentar uma Ema e seus filhotes (bonecos digitais projetados em uma parede). A performance já circulou por diversos lugares do Brasil e encontrou muitos poetas mirins.  Nesta experiência puderam presenciar a empatia das crianças com a figura da Ema, que foi mantida como tema condutor na transposição da experiência para o livro, e agora para as animações, ampliando o vínculo imagético-afetivo com as três obras. Para adquirir o livro CLIQUE AQUI

Pô!Ema – poesia de criança, que deu origem ao Cine.EMA, recentemente, foi selecionado pelo programa Eu faço Cultura e distribuído gratuitamente por diversas cidades do Brasil. Também em Itajaí foram distribuídos cerca de 400 livros para alunos de escolas públicas, possibilitando que ambos os materiais, sejam utilizados por pais e professores. Com poucos dias de lançamento, Cine.EMA foi convidado para participar do FIL – Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens, um dos maiores festivais de arte contemporânea do Brasil, com exibição no dia 29 de março.

FICHA TÉCNCA
concepção / direção: Sandra Coelho
ilustração / animação: Leandro Maman
trilha sonora original: Priscila Schaucoski e Bruno Andrade
produção: Eranos Círculo de Arte

Quanto? Gratuito.
Onde? No site Eranos Círculo de Arte e no canal do coletivo no YouTube.

Powered by Rock Convert

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *