Espetáculo “Os Palhaços” retorna ao palco da Ajote

Clique abaixo para ouvir a postagem

O Abismo Teatro de Grupo apresenta o impactante espetáculo “Os Palhaços”, dia 29 de novembro às 20h no Galpão de Teatro da Associação Joinvilense de Teatro. Em tempos difíceis em que à democracia corre perigo, a arte cumpre seu papel em comunicar e fazer o público refletir sobre os anos em que a censura negava aos artistas e ao povo a liberdade de expressão e de pensamento.  
“Os Palhaços” foi a única peça teatral censurada em Joinville há mais de 50 anos pela ditadura militar. Na época, o Grupo Renascença de Teatro, sofreu com a “censura de boca”, termo criado para denominar a censura que não vinha das fontes responsáveis por ela, mas de instituições, empresários, políticos e etc que se consideravam no direito de escolher o que era e o que não era bom para sua cidade. O texto de Miraci Dereti incomodou a classe conservadora e provocou o público dizendo que “todos são palhaços”.

Sobre a peça

Em 17 de agosto de 1968, em plena ditadura militar, o Grupo Teatro Renascença desejava estrear “Os Palhaços”, de Miraci Dereti, mas foi impedido pela censura local. Em 2018, 50 anos depois, o Abismo Teatro de Grupo, começou seu processo de montagem da peça, após realizar uma série de leituras dramáticas, e pode finalmente levar para a cena teatral “Os Palhaços”, agora liberada. Conforme Dereti descreveu, não era uma peça de enredo. “É uma peça da vida real, do cotidiano […] O cotidiano fornece o argumento. As situações e os quadros não são criados. São apenas reproduções daquilo que a vida e a sociedade nos coloca diante dos olhos dia após dia […] O público deverá ser atingido: deverá sentir que muitas vezes é obrigado a fugir da verdade porque a sociedade criou mitos. Criou lideranças morais, religiosas e políticas que estão totalmente distanciadas da realidade em que este público vive”, afirmou Dereti. 

Sobre Miraci Dereti

Miraci Dereti era natural de Jaraguá do Sul, nascido em 23/7/1942. Foi professor, ator, diretor, escritor e dramaturgo. Ingressou na política como vereador em Joinville em 1973, chegando à Assembléia Legislativa para um mandato, de 1975 a 1979. Foi o primeiro Presidente da Fundação Cultural de Joinville. Foi coordenador do Patrimônio Histórico e do Arquivo Histórico da Fundação Cultural de Joinville. Atuou também no Ministério da Cultura. Escreveu o livro de contos “Atrás do Pé de Silva”. Faleceu em 9/12/2006.

Ficha Técnica

Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: 14 anos

Texto:  Miraci Dereti 
Atuação:  Isadora Dourado, João França, Letícia Helena e Marcos Vicente 
Trilha Sonora Original: Lausivan Corrêa 
Cenário e figurino: Regina Marcis e Grupo 
Iluminação: Flávio Andrade 
Assessoria de imprensa: Santa Cultura – Comunicação Criativa 
Designer Gráfico: André Beavis 
Direção: Cristovão Petry 
Produção: O grupo 

Quando?  29 de novembro.  Horário? 20h
Quanto? R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (Meia entrada) 
Onde? Galpão de Teatro da Ajote. R. XV de Novembro, 1383 América. Joinville/SC.
*Reservas: (47) 99603-5584   abismoteatrodegrupo@gmail.com

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *