Oficina online: As ouvidas e as esquecidas – Mulheres artistas na arte cubana

O Arte na Cuca apresenta nos dias 25 de maio e 08 de junho das 19h às 21h , a oficina em formato livre “As ouvidas e as esquecidas – Mulheres artistas na arte cubana”, viabilizada por meio da parceria entre o site e a professora cubana doutora Mariurka Maturell Ruiz, que atualmente mora em Florianópolis/SC. Leia mais sobre a professora, clicando AQUI.

Os encontros serão online com as aulas gravadas, o que possibilita que os participantes acessem o conteúdo sem perder nenhum detalhe da oficina. O investimento é de R$85,00 (+ taxa via Sympla) ou à vista via PIX. Para garantir sua vaga, basta entrar no Sympla ou então, se você é apoiador mensal do Arte na Cuca pode adquirir seu ingresso com 10% de desconto pelo WhatsApp: (47 99695-3165), com Celiane Neitsch.

Também pensando no direito e no acesso à cultura, educação e formação digna, a professora disponibiliza 05 (cinco) bolsas para artistas (preferencialmente mulheres – Trans/Cis), que tenham interesse em aprender sobre arte cubana, mas atualmente sem possibilidade de investir na formação.

Programação da oficina

25/05/22. Quarta – Feira.
Horário: 19h às 21h.

“Arte e Revolução: Tempos de emergência, rupturas e continuidades”

– Caracterização do contexto sociocultural em que está inserida  a produção plástica feminina na arte cubana.

Depois de 1959 a produção plástica feminina cubana, se desenvolve dentro de um processo caracterizado por sucessivas transformações, dentro do qual a obra de arte funciona como estratégia renovadora. Nessa etapa, as artistas mulheres convivem dentro de uma dinâmica sociocultural que incide na abordagem de aspectos políticos e/ou sociais em suas obras.

08/06/22. Quarta – Feira.
Horário: 19h às 21h.

“Mulheres artistas na arte cubana: uma aproximação às suas produções”

– As semelhanças e diferenças que caracterizam suas produções e os espaços privilegiados ou marginais, que ocuparam durante seu trabalho artístico. Trajetória das artistas: Zaida del Río, Flora Fong, Ana Mendieta, Consuelo Castañeda, Marta María Pérez, Rocío García, Sandra Ceballos, Belkis Ayón, Sandra Ramos, entre outras, durante as etapas da Revolução Cubana.

Sobre a professora Mariurka M. Ruiz

Professora Doutora em História pela UFSC (2021), Mestra em Estudos Cubanos e do Caribe (2015) na Universidade de Oriente em Santiago de Cuba – Cuba, possui graduação em História da Arte (2003), com 18 anos de experiência. Atualmente é membro da Cátedra de Estudos Afro-caribenhos da Universidade de Guantánamo; da Cátedra Nelson Mandela da Região Oriente, Cuba; do Observatório das migrações de Santa Catarina, UDESC; do Grupo de pesquisa “O campo cultural latino-americano e suas conexões”, UFSC e do Laboratório de História da África, UFSC. Têm experiência na área de História das Artes Cubanas e Caribenhas e em História. Atualmente, pesquisa as transformações urbanas, migração feminina e diáspora africana desde uma perspectiva de gênero.

Leia alguns artigos publicados pela professora

– Racismo em Cuba: uma análise do número 2/2017 da revista El Mar y la Montaña, em Guantánamo
 Gênero, Ciências e experiências
– Evento Diáspora negra: Cuba no início do século XX
– Género y Mercado Laboral: Ejes de Desigualdades
A Visualidade Feminina nas Artes Plásticas de Guantánamo – Cuba
Arte y representación social: las mujeres negras en la obra plástica de Ernesto Cuesta

Quando? 25 de maio e 08 de junho. Horário? 19h às 21h.
Quanto? R$85,00 (+ taxa via Sympla) ou à vista via PIX (47 996953165) 10% desconto apoiadores mensais Arte na Cuca.
Onde? Online. Via Google Meet. As aulas ficarão gravadas e disponíveis aos participantes. Curso com certificado.
*Com 05 (cinco) bolsas para artistas (preferencialmente mulheres – Trans/Cis).
Informações: [email protected] ou whatsApp 47 99695-3165. Celiane Neitsch.

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *