Cicloturismo traz a história de Anita Garibaldi, a cultura e as belezas naturais da região em 132km de circuito

Clique abaixo para ouvir a postagem

O Circuito Desafio de Anita foi lançado em maio de 2021 e é o mais novo circuito de cicloturismo de Santa Catarina. Projetado para ser realizado em três dias pelas cidades de Tubarão e Laguna, o circuito conta com 132km de biodiversidade: rios, praias, estradas rurais, estâncias termais e a riqueza do patrimônio histórico e cultural da região que é berço de Anita Garibaldi. O cicloturista é convidado a realizar uma aventura inesquecível sobre duas rodas: percorrer os primeiros caminhos de Anita, a Heroína de Dois Mundos.

Ideal para iniciantes
O Circuito Desafio de Anita é um circuito de cicloturismo ideal para iniciantes. É um desafio para revisitarmos a história, o percurso de Anita Garibaldi, os locais onde nossa heroína viveu e foi uma mulher desbravadora.
O circuito, comentam as idealizadoras e gestoras do circuito, Priscilla Lourenço e Angela Finardi, é um convite a desacelerar, um chamado ao reconhecimento da história e da experiência de vivenciar a cultura e apreciar as belezas naturais.

Inscrições abertas de forma permanente e circuito autoguiado
O Desafio de Anita é um circuito permanente e autoguiado. Para fazer o circuito, basta acessar o site, fazer a inscrição e escolher a melhor data para seguir o roteiro, saindo de Tubarão em direção à Laguna.
O Circuito está também alinhado a novas tecnologias, utilizadas em outros grandes centros de cicloturismo. É um percurso autoguiado. Ao realizar a inscrição no site, o cicloturista tem acesso, pelo celular, às planilhas, guia de viagem e arquivos dos mapas em GPX.

Organização e facilidade no percurso
Durante o percurso, o/a cicloturista também encontrará placas e setas indicativas em postes como sinalização complementar. Ao longo do percurso, existem também pontos de check-in, que o/a participante comprova a sua chegada e passagem em cada local. Os/as participantes que concluem circuito, recebem medalha e certificado.

“O caminho é lindo”
Circuitos autoguiados são uma prática em Santa Catarina e tudo é organizado para que os cicloturistas tenham a melhor experiência: “Foi ótimo! Foi perfeito! A gente imprimiu o pdf (guia) e com ele não tem como se perder. E tem toda a história, o trajeto. O caminho é lindo e a gente se diverte bastante”, comentou a cicloturista Lisandra Uhmann, de Osório (RS).

Dados gerais
Percurso: total: 132km
Tempo sugerido de viagem: 3 dias
Dificuldade: Moderada
Altimetria total: 507 m
Tipo de Trilha: Mão única

Primeiro dia (59,5 Km – Tubarão ao Farol de Santa Marta)
O circuito inicia em Tubarão Terra de águas termais, da Ferrovia Dona Tereza Cristina, do Rio Tubarão e do artista plástico Willy Zumblick.
O primeiro check-in está no Rio do Pouso Termas Hotel, que está situado na margem esquerda do Rio Tubarão, a 12 km do centro da cidade.
No Primeiro dia o cicloturista terá a oportunidade de conhecer, além das estâncias termais de Rio do Pouso e Termas da Guarda, o Museu Ferroviário que conta a história da Estrada de Ferro Dona Tereza Cristina. Na Estrada Geral da Madre visitará o monumento que demarca o local de nascimento de Anita Garibaldi. Pedalará pelas margens do Rio Tubarão acompanhando sua mudança geográfica desde as Termas do Rio do Pouso até Laguna. O final do percurso no primeiro dia é o Farol de Santa Marta, em Laguna.

Segundo dia (19,5 km – Farol de Santa Marta à Praia do Mar Grosso
O segundo dia é planejado para o cicloturista recarregar as energias e conhecer Laguna: a segunda cidade mais antiga de Santa Catarina. O cicloturista poderá visitar a Casa de Anita Garibaldi, os sambaquis, os casarões históricos com venda de artesanato local, ir até a Fonte da Carioca e encher a sua garrafinha com água pura. Subir o Morro da Glória e aproveitar a vista! Conhecer a gastronomia típica da região com base na cozinha açoriana e a famosa Pedra do Frade. Visitar os Molhes da Barra e apreciar a pesca artesanal. Se tiver sorte poderá conhecer os botos pescadores. Poderá passear pelas dunas da Praia Grande, curtir o pôr do sol da Praia do Cardoso e descansar, pois o terceiro dia exigirá um pouco mais de força nos pedais.

Terceiro dia (52,9 Km – Laguna ao Rio do Pouso Termas Hotel, em Tubarão)
O terceiro dia requer esforço, mas a paisagem do percurso compensa. Saindo de Laguna o/a cicloturista conhecerá a Lagoa de Cabeçudas. Chegando na Ponta das Laranjeiras verá de outra perspectiva a Ponte Anita Garibaldi. Pedalará ao lado dos trilhos da Ferrovia Dona Tereza Cristina, adentrará na zona rural com belíssimas paisagens e retornará à Estância Termal. Lá precisará fazer o checkpoint que comprovará a execução total do circuito para retirar a medalha e o certificado de participação e compartilhar a experiência com amigos e amigas.

O circuito vai virar game
O Circuito Desafio de Anita será o primeiro circuito gamificado de Santa Catarina. Está em desenvolvimento o Route-Raiders, um jogo com foco no turismo de aventura, valorizando os principais patrimônios culturais e históricos da região, atrelado à experiência da gamificação com a caça ao tesouro. A cerimônia de lançamento será no dia 30 de outubro, no Cine Teatro Mussi, em Laguna.
O projeto Route Raiders, criado em parceria com o Instituto Caranguejo de Educação Ambiental de Joinville, foi um dos 13 selecionados no edital do Programa Inovatur – programa de fomento exclusivo para o turismo, de abrangência estadual. O Inovatur surge com a missão de reinventar o setor, estimulando a mudança de comportamento e adoção da cultura de inovação, de olho nas transformações sociais cada vez mais velozes.
Os contemplados atendem diferentes segmentos, como gastronomia, turismo de aventura, agroturismo, cicloturismo e camping, promoção de atrativos e serviços turísticos.
A ação nasce da cooperação entre a Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e a empresa Gestalt Open Innovation. O programa busca apoiar a geração de empresas de base tecnológica, para transformação de ideias inovadoras em empreendimentos que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos estratégicos.

Como participar do game
Finardi explica que o cicloturista vai, primeiro, baixar o aplicativo Route Raiders – Desafio de Anita no celular. “É como uma caça ao tesouro a partir de uma história proposta onde o jogador resolve enigmas e interage com dicas e personagens durante o percurso. Cada fase do jogo está em um atrativo turístico do circuito. O game foi desenvolvido para cicloturistas mas todos podem jogar. Não precisa estar fazendo o circuito. “Assim, a comunidade, visitantes, pessoas de qualquer lugar, podem jogar e conhecer um pouco mais da história.

Mais informações
Site: www.https://www.circuitodesafiodeanita.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/circuitodesafiodeanita/
Facebook: https://www.facebook.com/circuitodesafiodeanita

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *