“Amora”

Clique abaixo para ouvir a postagem

Lançado em 2015 pela não-editora, “Amora” foi escrito pela sul-riograndense Natália Borges Polesso e era um livro que eu já vinha “namorando” há algum tempo, mas por uma razão ou outra, sempre deixava sua aquisição para depois. Esse ano, uma a miga já havia separado seu exemplar para me emprestar, mas eu já havia comprado e aguardava chegar. Confesso que ele “furou a fila” passando na frente de outros livros que já aguardavam há mais tempo para serem lidos, mas não me arrependi.

O livro de 256 páginas reúne 33 contos da autora e pesquisadora, acerca do amor entre mulheres. Sim, “Amora” nos traz vários textos sobre o tema, desde a jovem que ainda não compreende exatamente a atração por uma pessoa do mesmo gênero, até o relacionamento maduro entre duas mulheres com netos. “Amora” traz narrativas fáceis de serem lidas, a linguagem é fluida e os textos, em sua maioria são leves. Indico “Amora” a todos, todas e todes que gostam de contos bem escritos independente de seu gênero ou orientação sexual, afinal, apesar da importante representatividade apresentada nos contos de Natalia, os enredos são cativantes e a leitura é rápida. 

Aliás, permitam-me aqui abrir um parêntese acerca do gênero conto. Eu particularmente gosto da fluidez na leitura dos contos, por serem textos mais curtos, mas engana-se quem julga que os contos são sempre textos de fácil leitura e compreensão. Alguns textos curtos podem disparar gatilhos importantes nos leitores. Tudo depende do repertório de cada leitor. Recomendo “Amora” para leitores maiores de 16 anos, que gostem de se aventurar por contos de amor, desamor, prazer…é a vida!

Por que ler?

Porque, sem querer julgar o livro pela capa, mas a capa em si já é um banquete para os olhos. Porque os contos são de fácil e rápida leitura. Porque é literatura brasileira de qualidade escrita por mulher. Porque fala do amor e o desejo entre mulheres e representatividade importa. Porque o livro foi o vencedor do Prêmio Jabuti 2016, categoria Contos.

Desejo que “Amora” também desperte sua curiosidade e que a leitura seja tão agradável para você quanto foi para mim.

Gostou? clique abaixo para compra o livro.

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *