Músico Zé Luiz apresenta o projeto “Cantando Pra Cachorro”

O Projeto “Cantando Pra Cachorro” em parceria com a “Casa Amarela Choperia” realizam no próximo sábado dia 14/09 às 19h, um show especial do Músico Zé Luiz com a participação especial de Renato Albannez na guitarra. Show esse para divulgar o lançamento do CD “Cantando Pra Cachorro”, com músicas que falam sobre a proteção animal, sobre a amizade, o amor e a dor de animais abandonados nas ruas. A venda dessa obra será revertida para a causa de proteção, financiando Castrações, vacinas e medicamentos. O valor de venda dessa obra será de R$12,00 a unidade.

A tristeza é algo que não podemos impedir. Ela está em nosso dia a dia, seja na dureza do mundo ou nas consequências de nossos atos mal pensados. Mas costumamos ver apenas as que nos atingem, ignorando a dor dos outros. Mas o que a maioria não entende é que é exatamente no nosso olhar à dor alheia que está a cura de nossa tristeza. Quando agimos para reduzir essa dor, nossa tristeza se torna insignificante. A Fome, a doença e o abandono são flagelos presentes no nosso dia a dia, perambulando pelas ruas, bem de baixo de nossos olhos. As pessoas olham, mas não veem.

O Arte na Cuca conversou com o cantor Zé Luis, que falou sobre como surgiu a ideia do projeto, como foram compostas as letras do CD e mais imformações sobre esse projeto super bacana, acompanhe!

Arte na Cuca- Como surgiu a ideia para o projeto “Cantando Pra Cachorro”?

Zé Luiso projeto em si foi uma ideia simples de tocar em casas que eu já me apresentava profissionalmente. Seriam apresentações especiais onde o cachê seria doado e receberíamos doações de ração, remédios e dinheiro para o Abrigo Animal, que na época precisava muito.    Mas quando divulguei vários artistas se ofereceram, então expandi a ideia para um grande evento, onde faríamos curtas palestras nos intervalos dos músicos, para divulgar a causa e as dificuldades. O primeiro foi em maio de 2014, com uma apresentação da Ana Paula da Silva, Duo Catfish e eu com a participação de Bernardo, o local escolhido foi o Capitão Space.

Arte na Cuca- Como surgiram as ideias para as músicas do CD “ Cantando Pra Cachorro”?

Zé Luis-  Desde o primeiro evento, fiz uma música que queria tocar no dia, mas não consegui conclui-la a tempo, mas a ideia já existia, faltavam recursos, é claro, com o tempo fui gravando uma por uma, com ajuda de colegas músicos e do Produtor musica Ed Rossi, que fez gratuitamente pela causa toda a captação e produção artística, sem ele nada teria acontecido.

Arte na Cuca- Agora fale um pouco sobre o Zé Luis músico e artista, quando foi que você começou na carreira artística?

Zé Luis-  Eita….32 anos que sou cantor em bandas autorais, de baile, rock, blues. Há 5 anos me dedico exclusivamente a música fazendo acústicos em bares e festas particulares na região. Sou carioca, mas fui criado em Brasília. Desde cedo sou fascinado pela música, comecei lá com 15 anos, subi no meu primeiro palco com 17, ganhei meu primeiro cachê com 18, apesar das influencias do rock de Brasília da época , Legião, Paralamas, Capital Inicial, eu tocava blues e hard rock quando comecei 93 comecei uma “”peregrinação” musical e viajei por vários lugares, nordeste, norte, sudeste e acabei chegando aqui em 95 e não saí mais, conheci minha esposa e não quis mais saber de viajar, fixei morada em Joinville. Convido vocês a abrirem seus corações e ouvidos para essa realidade. Os convido a ter esperança e despertar o amor divino pela vida dos seres menores, que não têm voz, não têm voto, não têm dinheiro. A única coisa que eles oferecem é gratidão e carinho do mais puro e sincero.

Quando?  14 de setembro . Horário:  19h.
Quanto?  entrada gratuita.
Onde? Casa Amarela Choperia, Rua R. Dona Francisca, 773 – Saguaçu,

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *