“Mariana”, de Pedro Bandeira, na indicação de Carol Spieker

Clique abaixo para ouvir a postagem

Você tem um escritor do coração? Eu tenho alguns, mas Pedro Bandeira, certamente foi o autor da minha adolescência. Li muita coisa do autor no decorrer da vida e hoje, mesmo não sendo mais criança, nem adolescente, ainda gosto e recomendo sua obra.
“Mariana” é uma dessas obras com as quais tenho uma ligação afetiva.

O livro foi lançado pela Editora Ática e a minha edição é de 1996 e pode ser lido em uma “sentada”. Trata-se de Literatura Infantojuvenil brasileira da melhor qualidade e conta com apenas 87 páginas.

“Mariana” conta a história da personagem que dá título ao livro. Uma típica adolescente de 14 anos. Criada somente pela mãe, Mariana inventa muitas histórias para ser aceita nos grupos de meninas na escola em que estuda.

A menina nutre uma amizade sincera e de longa data pelo vizinho Jorge Luís, dois anos mais velho criado junto com ela, como se fosse um irmão mais velho. Mas apesar de serem grandes amigos, nem todos os segredos são partilhados: Jorginho não sabe, por exemplo, que Mariana mente a respeito de uma avó rica, da menstruação e de um imaginário namorado que está fazendo intercâmbio nos Estados Unidos. Não sabe, mas descobrirá…

Mariana, tem uma vida boa, mas modesta. Mora com a mãe que trabalha longas horas para poder sustentar a si e à filha e, para o ano em que a obra foi escrita, esse já era um tema polêmico e importante de ser retratado na literatura infantojuvenil: pais separados, mãe solo…uma realidade cada vez mais comum em nosso dia a dia, mas que em “Mariana”, é tratado com muita sensibilidade por Pedro Bandeira.

É claro que, como é peculiar na obra de Padro Bandeira, “Mariana” trará ao leitor uma história cheia de aventuras, descobertas e reviravoltas, mas com aquele final clichê que muita gente gosta… bem, eu sou uma das que gosta e você?

Por que ler?

“Mariana”, apesar de ser uma obra lançada na década de 90, não “saiu de moda” ao tratar de temas relevantes para o público a que se destina: os adolescentes. 

Agora, se você não tem mais 13, 14, 15 aninhos mas gosta da boa literatura infantojuvenil brasileira, não pode deixa de conhecer Mariana, Jorginho, Clarice e suas amigas de escola.

Venha sentir-se outa vez adolescente!
Garanto que a viagem valerá a pena!

Gostou? clique abaixo para compra o livro.

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *