Skip to content

Muito além dos games: como os jogos podem aprimorar o ensino e o sentido da história

Ao começar a jogar o game Assassin’s Creed Syndicate você logo se deparará com a seguinte frase: “Inspirado em eventos e personagens históricos, esse trabalho de ficção foi concebido, desenvolvido

Macacos, NFTs e Renascimento

O historiador Georges Didi-Huberman afirma que a arte como entendemos hoje foi inventada em um período histórico que conhecemos como Renascimento Cultural. Foi através de uma redefinição de valores e

Metaverso: simulações do real ou apenas mais uma camada de ilusão?

O termo “metaverso” surge no contexto da literatura cyberpunk na virada da década de 1980 para 1990, especialmente na obra de Neal Stephenson chamada “Snow Crash”. Nessa história um entregador

Super-heróis, imaginário ou realidade? Como a ficção em HQs transforma e representa a diversidade do real

Os imaginários contados através do cinema, dos games, das HQs, das peças de teatros, entre outras expressões artísticas, permitem nos transportar no tempo, experimentar emoções que fazem com que nossa

Reordenando a história através da ficção científica em Arcanjo e Neuromancer de William Gibson

Todos conhecem a máxima de George Orwell em 1984:“Quem controla o passado, controla o futuro. Quem controla o presente, controla o passado.” Mas afinal o que isso significa? É possível

Seriam os jogos digitais através de suas narrativas ou representações uma nova forma de arte?

Imagem da capa: [The Last os Us Part 2] Os games como arte geraram e ainda levam a disputas homéricas e a debates acalorados enquanto ocupam o espaço da indústria