São Francisco do Sul recebe a exposição “TropicaLinhas”, de Jorge Hiroshi

Clique abaixo para ouvir a postagem

O Artista visual e arte-educador Jorge Hiroshi, expõem no 1º Festival de Outono, promovido pelo Instituto Babaétoungá, no dia 24 de março das 16h às 22h. A mostra, intitulada “TropicaLinhas”, tem inspiração na arte e no Meio Ambiente, momento em que por meio de seus trabalhos, Hiroshi provoca questionamentos sobre a vida, identidade, diferenças, preconceitos, a cultura brasileira e o indivíduo na sociedade.

Seu processo de criação e produção artística inclui a coleta de objetos descartados pela sociedade (camisetas velhas, plásticos) no intuito de registrar o cotidiano das pessoas. Por meio dos materiais coletados e dos selecionados pelo artista, como: algodão cru, bordados, pinturas e escrita, nascem novos objetos, transformando-se em algo novo.

Através das colagens é possível desconstruir conceitos. Na desconstrução agregar numa mesma imagem, diversos símbolos. A construção de uma história dentro da desconstrução da imagem. Hiroshi acredita que agregando informações visuais e símbolos, pode se construir uma estética diferente.

Durante o projeto, também entrou em cena o artista-professor, que leva as questões sociais e ambientais para a escola e contou com a participação dos alunos das séries iniciais e ensino médio da “Escola Estadual Professor Nicola Baptista”.

“As estampas foram criadas pelos alunos, com desenhos de padronagens através de formas geométricas e por meio delas, realizei um processo de desconstrução para aí então produzir peças que estarão na exposição.” – Jorge Hiroshi.

Quando? Dia 24 de março das 16 às 22 horas

Onde? Instituto Babaétoungá – 1° Festival de Outono no Casarão das Palmeiras – Endereço: Alameda Ipiranga, 88 – Rocio Grande. São Francisco do Sul (SC)


Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *