“Revelação da beleza” apresenta obras inéditas de Mário Avancini no MAJ

Clique abaixo para ouvir a postagem

Esculturas inéditas do escultor catarinense Mário Avancini podem agora ser vistas na exposição “Revelação da beleza: a matéria esculpida por Mário Avancini” que segue com visitação aberta até o dia 29 de julho no Museu de Arte de Joinville (MAJ). A mostra reúne 73 peças da série “Aconchego” pertencentes ao acervo do museu, muitas delas nunca mostradas ao público.

“Revelação da beleza” tem curadoria de Leticia Mognol e Marcio Paloschi e é financiada pelo Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (SIMDEC). O projeto completo da exposição apresenta, ainda, um folder reproduzindo a imagem de algumas esculturas da série, além da projeção do documentário biográfico “Decifrando a linguagem das pedras” de Luciano Coelho ao longo de todo o período de visitação.

Mário Avancini (Rodeio/SC, 1926) teve seus primeiros contatos com a pedra com o pai britador, aos 13 anos. Trabalhou como canteiro em São Francisco do Sul até mudar-se para Joinville, onde trabalhou tanto no calçamento de ruas quanto na escutura de peças figurativas para jazigos. Sua carreira artística iniciou-se na década de 60, quando tornou-se aluno de cerâmica e, mais tarde, professor de escultura da Casa da Cultura de Joinville. Reconhecido como um dos mais importantes nomes da escultura catarinense, morreu em 1992, aos 66 anos, deixando cerca de 2.700 peças distribuídas tanto em coleções particulares quanto no acervo de instituições públicas.

 

VISITAÇÃO: até 29 de julho
HORÁRIOS: de terças-feiras a domingos, das 10 às 16 horas
CUSTO: entrada gratuita
LOCALIZAÇÃO: Museu de Arte de Joinville (MAJ) – r. 15 de Novembro, 1400, no América, em Joinville

Powered by Rock Convert

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *