Parceiros Arte na Cuca: Roseli Ritzmann

Clique abaixo para ouvir a postagem

Roseli Ritzmann (Joinville, 1965) tem formação acadêmica em História pela Universidade da Região de Joinville – Univille e Especialização em Neuropsicologia pela Faculdade Padre João Bagozzi/PR. Também é especialista em Arteterapia pela Faculdade do Litoral Paranaense ISEPE/PR.

Na área das artes, Roseli foi aluna da Casa da Cultura Fausto Rocha Júnior, nos cursos de História da Arte, Entalhe em Madeira, Cerâmica e Desenho. Também tem experiência em técnicas artísticas como: pintura em tela, gravura, costura, confecção de brinquedos e arte contemporânea – materiais e técnicas diversas.

Atualmente a artista mantém dois ateliês em sua residência, o primeiro dedicado às suas experimentações em artes visuais e o segundo, dedicado a sua segunda paixão, os fantoches e brinquedos. Divide seu tempo entre a família e uma produção intensa, seu acervo pessoal possui cerca de mil trabalhos, entre pinturas, cerâmicas, gravuras, fotografias e objetos contemporâneos.

Na pintura, passeia com o pincel por todos os espaços da tela, mas sem perder o olhar voltado para a infância e as memórias. É só parar alguns instantes para observar seus trabalhos e logo identificamos alguns elementos que nos rementem aos nossos primeiros anos ou aos de nossos avós – a julgar pela paisagem dos casarões antigos, das casas enxaimel com quintal e jardins.

“A visita dos Netos a Oma Erna”

Com títulos que lembram dias felizes, as telas que compunham a exposição “Memórias e Tradições” (2015), são inspiradas no cotidiano de crianças, jovens e adultos de outros tempos. Tempos em que se era possível brincar na rua, andar de bicicleta, manter flores no jardim e ter um jardim.

É nesta nostalgia de uma Joinville de cores vibrantes e receptiva, que sua arte expressa elementos da cultura popular brasileira, das tradições germânicas e das brincadeiras de infância, que ela capta tudo que a cerca, transformando-as em belíssimas composições. Seleciona o uso das cores, combinando umas às outras, a próxima cor vai se alinhando a primeira de forma a se complementarem ou se contrastarem na composição, elementos como pontinhos, pequenos riscos ou listras são característicos em sua pintura.

Ritzmann conta que iniciou sua caminhada na pintura na década de 90, e suas telas eram quase todas inspiradas em motivos geométricos. Aos poucos foi afinando seu traço e passou a desenhar e pintar formas mais orgânicas.  Também houve mudanças nas cores, que inicialmente saíam puras dos tubos de tintas e com o tempo passaram a ser misturadas entre si, adquirindo novas tonalidades.

“Piquenique na casa da Oma”

“Nunca me preocupei com a técnica a qual minhas obras estavam incluídas. Foi no curso de História da Arte que me senti bem próxima da Arte Näif” – Roseli Ritzmann

Com características que nos fazem lembrar as pinturas näif, mas que ao mesmo tempo segue seus próprios passos e ousa em outras linguagens, é uma artista inquieta, que está em constante pesquisa e em busca de aperfeiçoamento, sem esquecer o que para ela é verdadeiramente importante: nos fazer refletir e dar às imagens ou trabalhos artísticos nossos próprios sentidos.

Roseli Rittzmann é artista parceira da loja Arte na Cuca, pois acredita que a arte deve ser acessível e estar em todos os lugares e que a educação é o caminho para que isso se torne possível.

Alguns dos trabalhos que são acervo da artista (NÃO DISPONÍVEIS NA LOJA)


Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *