Luiz Ferreira exibe recortes e fotografias no BADESC

O artista visual Luiz Ferreira está com a exposição “O não-lugar e outras irrealidades” aberta no BADESC, em Florianópolis, até o dia 14 de junho. Esta é apenas a primeira etapa de um roteiro maior que, até o final do ano, passará também pelas unidades do SESC de Jaraguá do Sul, de Lages e de São Bento do Sul  como parte do “Circuito Propagações”. O projeto é uma parceria da Fundação Cultural BADESC com o SESC de Santa Catarina que, a partir de junho, também coloca em circulação por Joaçaba, Joinville, Itajaí e Florianópolis a exposição “Íntimo plural” de Sara Ramos.

“O não-lugar e outras irrealidades” é uma exposição composta de três séries de oito fotografias e 29 recortes feitos a partir de mapas, guias de ruas, bulas médicas, dicionários e outros livros antigos que promovem, sobretudo, uma ressignificação dos impressos originais em direção a uma experiência visual mais pura, baseada na delicadeza das linhas alusivas ao desenho e na fragilidade das texturas e das pequenas dimensões do papel.

Paulistano, Luiz Ferreira tem formação técnica em desenho de arquitetura e desenho de publicidade, com passagem pelas oficinas do Centro Cultural São Paulo. Seu ingresso na arte deu-se já na década de 1990, mas foi só há seis anos, com a mudança para Joiville, que sua produção artística ganhou rigor e regularidade. Desde então, Ferreira tem participado de ações como o projeto de arte urbana “#JLLEMAISARTE” e o “(IN)Consciente coletivo”, além de ter estreado em 2016 com sua mostra individual “O papel de cada um” na El Clandestino Galeria de Arte de Joinville. Com outros artistas, Ferreira integrou exposições como a itinerante “Além do 3X4” (na AAPLAJ em Joinville e na Casa de Cultura Dide Brandão de Itajaí), “O feito e o intuito da figura humana” (no SESC de Joinville) e “Experiência compartilhada do convívio humano” (na AJAP, em Jaraguá do Sul).

Depois de encerrada em Florianópolis, a exposição “O não-lugar e outras irrealidades” poderá ser visitada nas galerias do SESC em Jaraguá do Sul (entre 22 de junho e 5 de agosto), em Lages (entre 17 de agosto e 30 de setembro) e em São Bento do Sul (entre 11 de outubro e 2 de dezembro), sempre com entrada gratuita.

VISITAÇÃO: até 14 de junho
HORÁRIOS: de segunda a sexta-feira, das 12 às 19 horas
CUSTO: entrada gratuita
LOCALIZAÇÃO: Fundação Cultural BADESC – r. Visconde de Ouro Preto, 216, no Centro de Florianópolis

Fonte: Luiz Pinto Ferreira

Recommended Posts

1 Comment

  1. Avatar

    Muito grato Celiane.

    Vida longa ao Arte na Cuca.


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *