Exposição Cubos, de Marc Engler no Espaço Garten Mais

Clique abaixo para ouvir a postagem

Marc Engler abre nesta quinta-feira dia 29 de novembro às 19hs, no Espaço Garten Mais, sua individual intitulada: Cubos, que é sua terceira individual neste ano. A mostra é uma oportunidade para conhecer a poética do artista que trabalha há quatro anos, com a pesquisa referente ao pensa induzido e trás o cubo como forma de expressão de seu pensamento artístico.

Sobre o conceito da exposição e os trabalhos que serão apresentados, Engler comenta que:

“A exposição reflete sobre a origem da verdade, onde nos deparamos com uma realidade perturbadora da vida moderna: a vontade que não nasce mais dentro do ser humano; nasce fora e é implantada meticulosa e vagarosamente dentro de cada pessoa. O homem perde o status de ser inteligente e pensante para servir a interesses por vezes perturbadores. Um processo de conformidade, um pensar induzido que é tido como realidade, uma prisão invisível que vivemos na atualidade.”

Marc ressalta que tal comportamento desencadeia impactos importantes em nossa sociedade, trazendo questões entre o que somos e o que buscamos, por vezes sem levar em conta a influência e responsabilidades que temos com o meio ambiente e com o todo.

A pesquisa referente ao objeto cubo e ao conceito que representa nos trabalhos do artista fica evidente, quando expõe que:

“A humanidade sente a necessidade de enquadrar todos os aspectos da vida em conceitos fechados, ignorando possibilidades e inibindo uma visão mais ampla sobre as coisas. Com os cubos, busco revelar o lado orgânico da vida onde a capacidade de pensar e a consciência despertam para relações sincronizadas com o respeito à natureza e aos indivíduos. Uma busca de empatia e altruísmo para uma sociedade melhor, através de argumentos que só a arte pode propor.” – Marc Engler.

Sobre o artista

Natural de Rio Negrinho, já morou em Porto Alegre e em São Paulo, onde produziu editoriais de moda e trabalhos em publicidade. Formado em Fotografia pela Universidade Anhembi Morumbi – SP, Marc se dedica exclusivamente a vida artística desde 2012, quando retornou a Santa Catarina, fixando residência em Joinville. Já expôs individuais no Museu de Arte de Joinville (2015 e 2016) e participou de diversas coletivas pelo Estado (FAAPSC – 2017, ANARP – 2017, MAB – 2017, AJAP – 2016)  . Além de artista, é curador de arte e atualmente ocupa a posição de vice-presidente da Associação de Artistas Plásticos de Joinville – AAPLAJ.

Ao Arte na Cuca, Marc Engler falou sobre sua trajetória artística e também sobre a importância do Espaço Garten Mais para os artistas e sociedade Joinvilense, confira a entrevista:

ARTE NA CUCA: Quando iniciou sua carreira artística e desde quando você se dedica a trabalhar com arte?

MARC E: Dedico-me a projetos de arte e a carreira como artista desde setembro de 2013, quando retornei para Santa Catarina para desenvolver minhas primeiras exposições individuais, a CONSUMOQUE, apresentada em outubro de 2015 na Galeria de arte El clandestino, e a exposição SELVA LTDA, que aconteceu em novembro do mesmo ano, no Museu de Arte de Joinville. Porém, meu primeiro trabalho apresentado em uma exposição foi uma obra da série EM:CUBOS, na coletiva chamada “Fale agora ou cale-se para sempre” em maio de 2015 na galeria da Associação de Artistas Plásticos de Joinville – AAPLAJ.

ARTE NA CUCA: Antes de trabalhar com arte, você era executivo. O que te motivou a largar a estabilidade na carreira ir para o mundo das artes?

MARC E: A arte sempre esteve presente desde muito jovem, mas o cotidiano nos molda a ir por caminhos que buscam estabilidade financeira, eu trabalhava muito e estava preso no sistema. Quando completei trinta anos o impulso de trabalhar como artista foi mais forte e entrei para a faculdade de fotografia.  Concluí minha graduação e pedi demissão da empresa que trabalhei durante dez anos para abrir um estúdio pensando nas possibilidades de ganhar dinheiro como fotógrafo.

Por sorte, tive professores incríveis e o curso todo era voltado para um pensar artístico e criativo. Com o tempo percebi que no estúdio a minha criatividade podia ser pouco explorada e quase nada exercida, apenas aceitava as demandas do mercado. Foi então que decidi voltar para Santa Catarina e me dedicar a carreira como artista e criar obras que conversassem com as coisas que eu vivi nos últimos anos, a necessidade de se “encaixar” no sistema, daí que surgiu as primeiras ideias sobre o cubo que utilizo até hoje em meus trabalhos.

ARTE NA CUCA: Em sua opinião, qual a importância do Espaço Garten Mais, para os artistas Joinvilenses?

MARC E: O Garten Shopping nos trouxe a iniciativa de fomentar a cultura e a arte em Joinville, um pensamento sobre o espaço e o lugar da arte, propondo um movimento que nos leve a encontrar aberturas para uma vivência de interação e proximidade entre arte, artistas e público. Para os artistas é uma boa oportunidade para exposições individuais, visibilidade e divulgação dos trabalhos para um público que por vezes se intimida com lugares específicos de arte como museus e galerias.

ARTE NA CUCA: Durante a exposição CUBOS, seus trabalhos estarão disponíveis para comercialização?

MARC E: Sim, todos estarão à venda e também terei prints numerados e assinados disponíveis para compra.

Quem desejar mais informações pode contatar o artista através das redes:
E-mail: marc.engler.art@gmail.com / @marcengler
Fone: (47) 99917-0067

O que? Exposição CUBOS – Marc Engler (Espaço Garten Mais)
Quando? Abertura 29 de novembro às 19 horas. Visitação até 31 de janeiro de 2019.  (de domingo a domingo, das 10h às 22 horas).
Quanto? Gratuito
Onde? Av. Rolf Wiest, 333 – Bom Retiro, Joinville – SC

Recommended Posts

Nenhum comentário por enquanto!


Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *